Família: base do naturismo
Uma certeza: o Naturismo não pode sobreviver sem o equilíbrio entre todos os modelos de família.
Naturismo, uma criação de Deus
Leia mais.....
O Naturismo e o seu pior inimigo
Leia mais.....
O Naturismo e a evasão feminina
Leia mais.....
O Naturismo em Perigo
Leia mais.....
O naturismo e a Política
Leia mais.....
Luz no Fim do Túnel
Leia mais.....
Jogando Contra
Leia mais.....
Naturistas continuam desvirtuando o Naturismo nas redes sociais
Leia mais.....
Naturismo: o maior festival de bundas da internet
Leia mais.....
Regulamentação do Naturismo é uma armadilha
Leia mais.....
Por que você deve dormir sem roupa
Leia mais.....
Conheça o Terraço Bar Nudista de Londres
Leia mais.....
Não há dúvida de que a família é a estrutura da humanidade. Independente do formato familiar e das ideologias que se impõem a respeito de sua formação e constituição, não há de se questionar que é o arcabouço familiar o sustentáculo da existência do ser humano. O “crescei e multiplicai” não é apenas um ideário religioso, mas também uma lógica científica, a partir da premissa de que a preservação de uma espécie se dá com a sua multiplicação. Não existe proliferação do ser vivo sem a sua matriz embrionária. Assim, o homo sapiens tem o seu embrião de sustentabilidade no poder familiar, como célula inicial da sua formação.

De forma tácita, qualquer movimento social é dependente desse critério, pois está impregnado na formação do homem os princípios que norteiam a sua existência. Dessa forma, há de se registrar que o NATURISMO é absolutamente arraigado dessa lógica. São condições indissociáveis de existência da filosofia a presença e o respeito aos entes familiares no bojo de suas atividades. Indo-se mais longe, é impossível admitir qualquer possibilidade de se trilhar o sucesso, qualquer segmento descolado da magnitude de seu suporte fundamental.

Mas é fato que vemos nos últimos tempos os espaços naturistas serem rareados das formas amplas do modelo familiar. A tendência à especialização de um único formato tem trazido desestímulo à diversidade que deve ser assegurada em qualquer meio social. Quando há incentivo, ou vistas grossas, para a hegemonia de um modelo, os demais vão se afastando em completo prejuízo de toda a atividade. Em qualquer ambiente biológico e social a palavra mágica é “equilíbrio”, que vale para todas as espécies e classes, constituídas por raça, cor, gênero, orientações, etc. Em todos os casos onde esse equilíbrio foi negligenciado, deu-se a derrocada das características ambiental apropriadas.

Aliás, o naturismo é um movimento que foi idealizado exatamente para mostrar que a nudez é familiar e que não deve jamais ser aliada a ideário sexual. Nada mais natural que ser trabalhado para que as famílias de todas as estirpes sejam atraídas para as suas hostes. Qualquer atitude que tem o escopo de afastar o maior volume de modalidade de famílias, e que preveja a invasão de um único tipo de família, deve ser absolutamente rejeitada.

É muito óbvio que qualquer medida que se adotar para corrigir rumos ou finalidades dentro do naturismo vai sofrer críticas ou vai atingir determinado grupo. Mas é simplesmente compreensivo que as situações devam ser abalizadas com a adoção de mecanismos que limpe o caminho da melhor conjuntura para a categoria e para as áreas, mesmo que isso venha causar contrariedade em determinado grupo.

Não há a menor dúvida de que o naturismo vem sofrendo uma retração na sua frequência e aceitação, em contrariedade ao que se vislumbrava há uns 15 anos atrás, cujo setor turístico específico do naturismo experimentava um crescimento de 30% ao ano. A queda no avanço do interesse aos espaços dedicados ao naturismo tem muito a ver exatamente com o afastamento das famílias, digamos, mais ortodoxas do meio naturista. Circunstância que coincide exatamente com a ascensão de dirigentes mais contundentes nas críticas às regras naturistas até então monopolizadas: a proibição de generalização da frequência masculina desacompanhada de pessoas do sexo feminino, considerada discriminatória por boa parte de pessoas que advogavam em interesse próprio.

A flexibilização dessa regra teve abrigo na dificuldade de frequência de pares homossexuais do sexo masculino, sob o temor de uma ideia propagada de possível homofobia. Esse relaxamento na rigidez da regra trouxe duas consequências: o desequilíbrio de gênero e uma preponderância de frequência homossexual em todas as áreas naturistas. E como resultado o afastamento feminino e de famílias heterossexuais (principalmente aquelas com filhos menores)) do meio naturista. Não há como não reconhecer que a presença dominante de pessoas do sexo masculino, sejam homossexuais ou heterossexuais, causam constrangimento no público feminino e familiar, gostem ou não os críticos desse posicionamento.

Assim não tem como não se defender que esse posicionamento de dirigentes seja revisto, pois não há como relevar que a volta do crescimento do naturismo passa pelo equilíbrio das áreas, atualmente descontrolado. Sem contar que essa situação tem atraído outro tipo de inimigo para dentro do naturismo: as pessoas sexualmente ostensivas, que têm trazido grandes transtornos para a imagem do naturismo. Tudo em decorrência do desestímulos dos naturistas em trazer seus filhos para a filosofia.

É, pois, salutar que voltemos aos anais do naturismo original, onde a regra fundamental, que em alguns locais faz parte de lei aprovada nos municípios, é selecionar os frequentadores com restrições à generalização da presença masculina, independente da orientação sexual, devendo ser permitidas apenas aqueles comprovadamente já praticantes do naturismo e reconhecidos pelas entidades que ministram as áreas, em respeito, principalmente às leis aprovadas sobre o assunto.

'Nu não é lascivo': Marcha nua em São Francisco
Leia mais.....
Naturismo: órfão, mas cheio de donos
Leia mais.....
Projeto de Lei sobre Naturismo
Leia mais.....
Praia de Tambaba é um dos destinos indicados pelas operadoras que surpreenderão em 2017
Leia mais.....
Guerra entre associações em TAMBABA
Leia mais.....
A Guerra continua
Leia mais.....
Sete mentiras sobre o naturismo
Leia mais.....
Academia Naturista no Brasil
Leia mais.....
Vantagens de dormir nu
Leia mais.....
Largados e Pelados: ver o outro sem roupa o tempo todo acaba com a libido?
Leia mais.....
A nudez nos Jogos Olímpicos da Grécia Antiga
Olimpia, o berço dos jogos olímpicos
Leia mais.....
‘A Tempestade', de Shakespeare, em versão 100% feminina e sem roupa: uma homenagem à liberdade de expressão
Leia mais.....
Academia liberará nudez total para clientes
Leia mais.....