The Frisky

Voltar

Recentemente, acabei nua em frente de um espelho de corpo inteiro. Foi um acidente. A sério, foi. Eu não ando muito nua. Enfim, lá estava eu, nua, em frente a este espelho. E por alguma razão, estive um longo momento, apenas a olhar. E foi estranho. Porque me ocorreu que eu nunca faço isto. O que eu acho que é realmente muito normal. Mas a parte estranha foi que realmente, eu não conhecia o meu próprio corpo nu. Era vagamente familiar, é claro. Quero dizer, eu tomo banho e outras coisas. Mas eu quase nunca presto atenção a ele (o corpo), excepto para fazer alguma crítica inútil, ou ser surpreendida pela forma como estou gordinha em alguns lugares. Na verdade, desde que ganhei algum peso, eu até queria ficar nua menos tempo. Especialmente quando não há sexo envolvido. Ao ficar na frente do espelho, eu tive uma pequena epifania. Eu deveria conhecer melhor o meu corpo nu. Deveria sentir-me bem ao estar nua. Na verdade, todos deveriam. Se eu fosse uma ditadora, eu impunha um tempo diário de nudez. E cuidados de saúde gratuitos para todos! E bolo! Mas principalmente tempo de nudez. Porquê? Aqui ficam algumas razões ...

1. Este é você. Por baixo de todas essas roupas, esta é a forma como realmente você é. O resto é um disfarce. Não é estranho não conhecer o seu próprio corpo nu? É meio estranho. Às vezes eu sinto mais que sou um cérebro, e depois então existe este corpo anexado. Este corpo que inevitavelmente parece desproporcional em fotos. Este corpo que decidiu de forma abrupta ganhar curvas recentemente, e que antes tinha sido uma espécie de esqueleto. O meu corpo parece menos um país das maravilhas, como John Mayer pode cantar, e mais um deserto misterioso em que, ocasionalmente, germina um cabelo estranhamente colocado como uma bandeira, declarando assim a sua independência eterna. Mas não importa o quanto separado do seu corpo você se sente, você é o seu corpo. E é você. Você é esse corpo estranho / cérebro - como uma combinação hibrida alienígena criatura - não, como uma pessoa. Então você deve conhecer-se a si mesma. Nua.

2. É mais divertido. Eu tenho sido conhecida por me sentir um pouco desconfortável em estar nua. Como se, por vezes, está alguém por perto, mas por alguma razão eu tenho que mudar de roupa, eu faço a dança contorcendo-dentro-das-roupas que geralmente resulta num qualquer exercício novo ou então eu caindo sobre meu rosto no vestiário do ginásio. Mas quanto mais divertida é a vida quando você se sente bem em estar nua? Muito, eu estou disposta a apostar. Não que você tenha que mostrar sempre tudo em frente de estranhos, mas sempre é melhor não ter que se preocupar com eles por estarem a ver algo que não que não se adequa ao que se costuma ver. Como é divertido sentir como seu corpo nu é lisonjeiro? MUITO MAIS DIVERTIDO.

3. Sexo. Este é um grande problema. E é melhor quando você gosta do seu corpo nu, quando você sabe como você é nua, e por isso não é chocante, e quando você se sente confortável nua. Caso contrário, pode ser muito, muito estranho. Pode ser, do género "por favor, apague a luz antes de eu tirar este robe". Ou então depois "espere, você tem uma lanterna para que eu possa encontrar meu caminho de volta para o meu robe?". Espero que nunca seja assim tão estranho... Mas o sexo pode ficar definitivamente comprometido quando você está preocupado com seu o corpo. E o seu corpo definitivamente tem de estar (pelo menos relativamente) nu para o sexo. Para um sexo incrível, a confiança do corpo é uma necessidade absoluta. E eu suponho que todos nós queremos ter sexo incrível? Certo? OK, ótimo.

4. Roupas. Quanto melhor você se sentir nua, melhor você se vai se sentir com roupas. Porque as roupas não serão apenas para ocultar algo, elas estarão comemorando algo. Eu quero que as minhas roupas sejam uma celebração. Será que é pedir muito delas? Acho que não!

5. Porque ele está lá. Como o Evereste. Mas muito menos perigoso e sem neve. Quero dizer, o meu não tem neve. Se no seu caso tem, também não há problema. Os nossos corpos são um desafio. Eles são complicados e desobedientes e, às vezes parece que precisam de ser domados. Às vezes, são um obstáculo que precisa de ser superado. Escalado, se quiser. Como o Monte Evereste. Ou talvez só precisem de ser mais apreciados. Isto é realmente o que penso. Assim, um pouco menos como o Monte Evereste e um pouco mais como um cachorrinho. Ele só precisa de atenção! Dê-lhe amor e atenção e ele vai recompensá-lo com sentimentos de felicidade e conforto. E sex appeal.

6. As "falhas" do seu corpo não serão tão chocantes. Fiquei chocada ao perceber que tenho gordura nas costas. Deve ter aparecido de surpresa. No outro dia, estava eu a escrever no meu laptop só com uma toalha enrolada, logo após o banho, e ao inclinar-me para trás na cadeira tive um vislumbre das minhas costas no espelho vertical pela mesa. Oh, o horror que me aguardava! Era aquilo um rolo de gordura? Como um rolo de canela ou alguma massa pastosa? Nas minhas costas? Porquê, Deus, porquê? Porque isso aparentemente é o que acontece quando você não está muito magra e tem pele em volta. Não teria sido tão chocante se eu digitasse nua (parcial) com mais frequência. Ou apenas conhecia melhor o meu corpo nu. Então teria sido como, "Ok. Gordura nas costas. É um facto. " Isso me lembra - Estou com desejo de um rolo de canela. Essas coisas são boas.

7. Você vai conhecer os seus tamanhos reais. As minhas mamas são geralmente uma mentira. Eu visto um sutiã acolchoado o tempo todo. Quando comecei a namorar o meu marido, eu tinha esta percepção horrível de que a primeira vez que ele me visse sem sutiã, ele poderia ficar ... impressionado. Ou simplesmente ofendido. "Publicidade enganosa!" Ele ficou bem, mas me fez pensar sobre a diferença dramática entre as minhas mamas vestidas e nuas, e eu me perguntava porque estava com medo de ter mamas que eram, hum, do tamanho real das minhas mamas? Estou com medo de quê? Talvez em parte porque estou tão desacostumada a isso. O desconhecido é assustador. Mas as minhas mamas não têm de ser desconhecidas. Eu só tenho que tirar o meu sutiã, e lá estão elas. Como magia.

8. Você vai-se sentir mais confortável. Se você consegue andar pelo seu apartamento nua e feliz, atravessar uma sala com roupas é provavelmente como comer uma fatia de bolo. Se você consegue comer uma fatia de bolo nua e feliz (isto talvez seja o meu objectivo final, na vida), então definitivamente pode fazer tudo. Gostar de si nua é gostar de si exposta, imperfeita, complicada, e inacabada. Se você pode gostar de si mesmo assim, então pode enfrentar o mundo, orgulhosa e nua! Ou simplesmente orgulhosa. Com a confiança de uma confiante pessoa nua.

Então ... faça isso! Fique nua na frente de um espelho por algum tempo. Faça isso mais do que uma vez. Tente andar nua. Possivelmente comer bolo. Ter relações sexuais com as luzes acesas, e ter tempo para admirar o seu próprio corpo em acção. Isto não é auto-admiração, é saudável e bom para todos. Você poderia até tentar fazer ioga nua. Eu ainda não fui tão longe, mas isso não significa que você não possa superar-me. Vá em frente, desafio-a, supere-me!

Por Kate Fridkis

Tradução livre casaisnudistas

Voltar